• Brasão Prefeitura de Quatis
  • Prefeitura
    de Quatis
  • Rua Ana Ferreira de Oliveira, N° 47, Bondarowsky

  • Atendimento:
    08:00 às 17:00

  • Telefone:
    (24) 3353-2918

Menu Principal

Notícias

Instituto de Previdência apresenta previsão de recursos para pagamento de benefícios

Por em 26/06/2019

O QUATIS PREV - Instituto de Previdência dos Servidores Públicos do Município de Quatis (foto) realiza nesta quinta-feira, dia 27, a partir das 14 horas, na Câmara Municipal, uma apresentação da avaliação atuarial relacionada ao exercício do ano passado. Esta avaliação estabelece uma projeção para os próximos anos do cálculo atuarial, cuja composição é formada pelos percentuais de contribuição dos servidores municipais e do empregador, no caso a prefeitura. O cálculo indica a previsão dos recursos financeiros necessários ao pagamento dos benefícios previdenciários.

        Foram convidados para o encontro desta quinta-feira, o prefeito Bruno de Souza (MDB); secretários municipais; vereadores; membros do conselho fiscal e do conselho administrativo do QUATIS PREV, além de servidores públicos do Município. A apresentação destes dados, os quais são encaminhados ao poder executivo (prefeitura) e para os conselhos do instituto, deve ser feita todo ano. A apresentação contará com as presenças dos diretores do QUATIS PREV. São eles: Kátia Simone de Oliveira (diretora-presidente), Marcus Vinícius Mattos de Aguiar (diretor administrativo-financeiro) e Luiz Antônio Rivelline Neto (diretor de benefícios).

        Localizado na Rua Francisco Balbi 239, no Centro de Quatis, próximo ao Hospital São Lucas, o QUATISPREV têm cadastrados atualmente 106 servidores municipais aposentados e 27 servidores municipais pensionistas. O instituto foi criado através da lei número 367/2002. Antes, os servidores contribuíam para o FUNPASQ (Fundo de Previdência e Assistência Social dos Servidores de Quatis), cuja criação ocorreu em 1995. No período de 1993, quando foi instalado o Município de Quatis, até a criação do FUNPASQ, dois anos depois, as contribuições previdenciárias dos funcionárias eram feitas junto ao INSS (Instituto Nacional de Previdência Social).