• Brasão Prefeitura de Quatis
  • Prefeitura
    de Quatis
    Laço Azul em conscientização ao Novembro Azul
Menu Principal

Notícias

Táxis começam a cobrar corridas segundo valores indicados pelo taxímetro

Por em 15/10/2018

A partir desta semana, os motoristas de táxis cadastrados pela Secretaria Municipal de Ordem Urbana poderão cobrar as corridas segundo os valores indicados pelos taxímetros instalados nos veículos a partir do ano passado, desde que os equipamentos tenham sido aprovados na vistoria do IPEM-RJ (Instituto de Pesos e Medidas do Estado do Rio de Janeiro). A vistoria começou a ser realizada nesta segunda-feira, 15, e vai até a próxima quarta-feira, 17, no pátio do Centro Administrativo da Prefeitura de Quatis (foto). As informações são do secretário de Ordem Urbana do Município, Braz Brant de Araújo Júnior.

        A implantação do novo sistema de transporte individual por táxis faz parte das ações adotadas desde o ano passado pela Prefeitura de Quatis visando o ordenamento do trânsito da cidade e dos serviços prestados à população, na área do transporte. Braz Júnior frisa ainda que, através da cobrança das corridas pelos taxímetros, “um dos objetivos é justamente tornar mais justa a definição das tarifas a favor dos próprios passageiros”.

Atualmente, são 16 táxis cadastrados pelo DEMUTRAN (Departamento Municipal de Transporte e Trânsito), órgão subordinado à Secretaria Municipal de Ordem Pública. Os táxis com autorização para explorar o serviço pertencem aos dois pontos da cidade, sendo o principal na Praça Teixeira Brandão e o outro na Rua Carlos Hassis, no Jardim Pollastri (rua da Feira da Roça).

- A modernização do sistema de trânsito e transporte da cidade é uma das prioridades da administração do prefeito Bruno de Souza para o planejamento urbano de Quatis. Em agosto do ano passado, por exemplo, o sentido das ruas e avenidas do Centro foi modificado, a cidade ganhou novos terminais de embarque e desembarque de passageiros de ônibus, a Guarda Municipal começou a exercer efetivamente o controle no trânsito e agora estamos implantando o novo sistema de cobrança das corridas de táxis – declarou Braz Júnior.  

De acordo com a Secretaria de Ordem Urbana do Município, os valores das tarifas estabelecidos para o transporte por táxis, mediante a cobrança pelos taxímetros, são os seguintes: R$ 6,85 (bandeirada); R$ 2,00 por quilômetro rodado, estando o taxímetro programado para cobrar tarifa de R$ 0,20 a cada cem metros rodados (bandeira 1); R$ 3,20 por quilômetro rodado, estando o taxímetro programado para cobrar tarifa de R$ 0,32 a cada cem metros (bandeira 2) e R$ 20,00 (tarifa horário parada, quando o passageiro embarca no ponto e pede ao motorista que o espere, por exemplo, nas proximidades de um supermercado). A bandeirada de R$ 6,85 é o valor que o usuário já começa a pagar quando entra no taxi, independente do destino solicitado.

Os novos valores das tarifas de táxis em Quatis foram determinados por um decreto assinado, no ano passado, pelo prefeito Bruno de Souza (MDB). A entrada em vigor destes preços estava dependendo apenas da aferição dos taxímetros pelo IPEM-RJ, que começou a ser feita nesta semana. O modelo do equipamento foi sugerido pelos próprios motoristas e acatado pela administração municipal. Cada taxista arcou com a compra do taxímetro para seu carro.

O decreto sobre o novo sistema de cobrança das corridas de táxis determina ainda que a bandeira 1 poderá ser cobrada de segunda a sexta-feira, de 07h01m às 22 horas, menos durante os feriados. Já a aplicação da bandeira 2 ocorrerá de segunda a sexta-feira, de 22h01m às 7 horas do dia seguinte. A bandeira 2 será válida também para os sábados, domingos e feriados.

Outro decreto assinado pelo prefeito Bruno de Souza fixa os seguintes limites territoriais voltados à cobrança das bandeiradas: bairros da área urbana até o pórtico da Barrinha (final da bandeira 1) e início da bandeira 2, quando os veículos estiverem circulando em direção à Rodovia Presidente Dutra; encruzilhada da Rua Guilhermina Alves de Lacerda com a estrada Quatis-Falcão, no bairro Pilotos (final da bandeira 1) e início da bandeira 2 (sentido da Fazenda Bom Retiro e ao distrito de Falcão); ponto final dos ônibus intermunicipais, no bairro Água Espalhada (final da bandeira 1) e início da bandeira 2 (a partir do ponto final dos ônibus no bairro Água Espalhada em direção ao distrito de São Joaquim e à comunidade quilombola de Santana, ambos situados na zona rural do Município).